QUESTÃO PAPÉIS AVULSOS DO VESTIBULAR DE 2020

Por Lucas Zamberlan


Professor Lucas Zamberlan comenta a questão 30 da Prova – Literatura em Língua Portuguesa do Vestibular da UFRGS 2020

30. Em Papéis Avulsos, há pouca ação, predominando exposição de doutrinas sobre o comportamento humano, por meio do diálogo ou da fala de um personagem que assume a narração.

Esse recurso formal pode ser observado em:

a) “O alienista” e “A chinela turca”.

b) “A sereníssima República” e “Uma visita de Alcebíades”.

c) “O segredo do Bonzo” e “D. Benedita”.

d) “O empréstimo” e “Verba testamentária”.

e) “Teoria do medalhão” e “O espelho”.


Comentário: A questão bastante objetiva aborda a obra Papéis Avulsos, de Machado de Assis. O livro é resultado da reunião de 12 narrativas distribuídas espaçadamente em jornais entre os anos de 1875 e 1882, data da sua publicação em volume. O enunciado se concentra nos contos em que há o predomínio da fala e do diálogo, procedimento narrativo que, de certa maneira, suspende a ação e promove a “exposição de doutrinas sobre o comportamento humano”.

Dentre as alternativas propostas, ocorre esse fenômeno tanto em “Teoria do Medalhão” quanto em “O espelho”. No primeiro, um pai ensina ao filho, no dia que este alcança sua maioridade, como se tornar um medalhão, ou seja, uma pessoa de sucesso naquela sociedade. O conselho envolve ter gravidade e moderação; não ter ideias originais; proferir frases feitas; estar sempre bem acompanhado; não ir a livrarias, mas ser visto perto delas; realizar discursos recorrendo a lugares comuns; evitar a ironia e procurar a piada. A conversa serve como rito de passagem do jovem para a fase adulta.

Já em “O espelho”, o personagem Jacobina expõe a teoria existencial de que o homem possui duas almas, uma interna e outra externa. Para justificar sua ideia, conta uma experiência pessoal, quando se tornou, aos 25 anos, aferes da guarda nacional. Na ocasião, tendo passado uns dias na casa de sua tia Marcolina, acabou ficando sozinho, fato que lhe desencadeou uma crise de identidade (não se enxergava no espelho). Somente com a farda de alferes (alma exterior) conseguiu passar o período de solidão, restituindo, assim, sua alma interior.

Sendo assim, a alternativa correta é a letra “e”.


#UFRGS #vestibular #questãoUFRGS #LeiturasObrigatorias #PapeisAvulsos #MachadodeAssis

23 visualizações

EDITORA LEITURA XXI

Rua Dr. Possidônio da Cunha, 309 Vila Assunção, Porto Alegre - RS, 91900-140

(51) 99359-1211

editoraleituraxxi@gmail.com

REDES SOCIAIS

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

© 2020 por Tainá Henn. Proudly created with Wix.com